• MOSTB Editora

O NOVO RH. O novo que não deve ser tão novo assim.




Nos anos 80 para 90 ouvimos muito essa frase “ O novo RH”. Muitos autores especialistas na área de Administração de Pessoas, Recrutamento e Seleção, lançaram livros, principalmente com os temas em treinamento e desenvolvimento de pessoas. A preocupação dos gestores estava em se atualizarem e promoverem multiplicadores para que pudessem lidar com a nova geração de profissionais que crescia de forma muito mais dinâmica e proativa, além é claro do avanço desenfreado da tecnologia e da robótica.


Nos dias atuais, podemos dizer que mais uma vez estamos passando por essa transição de comportamento e dessa vez de uma forma muito mais complexa. Se nos anos 90 eu cheguei a ouvir de um CEO da GM que mais 15 a 20 anos a gerente faltaria mão de obra técnica (e ele estava certo) o que podemos esperar e ouvir hoje, se já estamos vivendo uma era onde os robôs estão substituindo a mão de obra humana com maior precisão e agilidade.


De nossas crianças já podemos vivenciar que essas estão nascendo quase que andando, muitas mexem com eletrônicos melhor que muitos adultos, e já tem aquelas que mal começam a andar e descem do berço sozinhas, escalam grades de seguranças. Por esses indícios podemos ter uma pequena ideia do que nos aguada quando chegarem na fase de adolescentes.


Inquietos e conectados em tempo integral... Como lidar como essa nova geração?

Duas palavras simples, e sem ser pretensiosa ou dona da verdade “ Estimulo e Direcionamento "é o que essa nova geração vai precisar... E mais uma vez, e sem novidades, essa formação vem de casa, do núcleo familiar.


Da para começar a refletir?

Educação ainda vem de berço. A escola complementa a formação, mas são os pais, com seus exemplos que educam e dão direcionamentos aos seus filhos. Admiro quem não coloca filho no mundo porque não querer educar... Ter filho dá trabalho sim. Exige muito tempo, dedicação, paciência, disciplina e exemplo... Amor? Sim amor é tudo, amor é a soma de todas essas palavrinhas que citei somado.


E ai pessoal do RH deve estar se perguntando : - O que o NOVO RH tem a haver com isso?

Tudo meus amigos! Porque vocês sãos os profissionais que atuam hoje, e tem filhos em casa, sendo educados por terceiros, e quando digo terceiros, digo: avos, tios, babas, babas eletrônicas e por ai vai... Um ciclo vicioso que precisa ser repensado e reestruturado.

A humanidade caminha para frente e para traz para encontrar o equilíbrio.


Texto Linda Borges.

Revista SetoRH Para Uma Melhor Gestão de Pessoas. 40ª Ed.

Imagem: Banco de Imagem internet

ANUNCIE


FORMAS DE PAGAMENTOS

SAC - PERGUNTAS MAIS FREQUENTES

 

REPRESENTANTES

​© Copyright 2010/2019 - Todos os direitos reservados www.mostb.com