mostb editora                                                                                                     Revista Digital               mostb editora                                                                                                    
 
  • MOSTB Editora

Inscrições Para o Programa Universidade Para Todos e o Fundo de Financiamento Estudantil

Será aberto em Agosto.


s estudantes que participaram das duas últimas edições do Exame Nacional do Ensino Médio poderão usar as notas para concorrer a uma bolsa do Programa Universidade para Todos. As inscrições do processo seletivo do segundo semestre de 2022 serão iniciadas no dia 1° de agosto e encerram no dia 4 de agosto. O edital com o número de vagas distribuídas por cursos e instituições será divulgado pelo Ministério da Educação.

Para se inscrever no programa, o candidato precisa acessar a plataforma do Programa Universidade para Todos a partir de 1° de agosto. O Programa Universidade para Todos oferece bolsa de estudo integral e parcial, que cobre 50% do valor da mensalidade, em instituições particulares de ensino superior a estudantes de baixa renda.

O público-alvo do programa é o estudante sem diploma de nível superior, além de professor de escola pública que passou a poder concorrer as bolsas mesmo já tendo uma graduação, de acordo com a Medida Provisória n° 1.075, de 6 de dezembro de 2021.

Para ter acesso à bolsa integral, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa. Para a bolsa parcial, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa. Além disso, é preciso ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio 2021 ou 2020 e ter alcançado, no mínimo, 450 pontos de média nas notas das cinco provas do Exame. O estudante não pode ter tirado zero na prova de redação, nem ter participado do exame na condição de treineiro. Os estudantes da escola pública ou bolsistas em escola privada terão prioridade para a pré-seleção no Programa Universidade para Todos.

No caso dos professores, as condições são: ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, e integrar o quadro de pessoal permanente de instituição pública ou ser pessoa com deficiência. Para o professor da rede pública não é aplicado o limite de renda exigido aos demais candidatos Fundo de Financiamento Estudantil.

Já os estudantes que desejam financiar as mensalidades de cursos superiores em instituições particulares podem se inscrever no Fundo de Financiamento Estudantil. As inscrições para o segundo semestre de 2022 vão de 9 a 12 de agosto, pela internet. O Ministério da Educação irá publicar, em breve, o edital com o número de vagas.


Para o Fundo de Financiamento Estudantil, é preciso que o candidato tenha realizado o Exame Nacional do Ensino Médio a partir da edição de 2010, tenha média mínima de 450 pontos e não tenha zerado na redação. A renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

CategoriaEducação e Pesquisa



Tags: Ensino SuperiorPrograma Universidade para TodosFundo de Financiamento Estudantil