mostb editora                                                                                                     Revista Digital               mostb editora                                                                                                    
 

EXPO DUBAI

Brasil vai apresentar em evento, oportunidades de negócios e compromisso com a sustentabilidade.



Com a Expo Dubai, o Brasil tem a expectativa de incrementar exportações e atrair turistas


Ao longo de seis meses o Brasil vai mostrar a um público internacional o que vem sendo feito de singular, inovador e tecnológico no país em diversos setores econômicos e as oportunidades para o futuro. Também irá apresentar como investe nos três pilares do desenvolvimento sustentável: ambiental, social e econômico. A vitrine será a Expo Dubai que vai até 31 de março de 2022, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

O pavilhão brasileiro foi aberto oficialmente nesta sexta-feira (1°) com a presença do vice-presidente da República, Hamilton Mourão. O Brasil e outras 191 nações estão no evento que nesta edição tem o tema Conectando mentes, criando o futuro. A organização da exposição espera um público de cerca de 25 milhões de pessoas.

Ao apresentar o Brasil na Expo Dubai, a intenção é ampliar o interesse de investidores estrangeiros, incrementar as exportações e aumentar o turismo.

O ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto França, falou sobre as expectativas em relação ao evento. “Essa intensa agenda resultará em cerca de 500 milhões de dólares adicionais em exportações. Resultará na atração de 10 bilhões de dólares a mais em investimentos estrangeiros diretos e na geração ou manutenção de empregos”, afirmou Carlos França.

Segundo o ministro da Economia, Paulo Guedes, a exposição é uma oportunidade para mostrar ao mundo a recuperação da economia brasileira pós-Covid-19 e também para abrir novos mercados.

“Estamos nos conectando agora com o que pode ser um hub não só de exportações nossas para o resto do mundo naquela região mais dinâmica, como também de receber os investimentos que o Oriente Médio, cada vez mais é um centro financeiro mais sofisticado”, disse Paulo Guedes.


Para ler a reportagem completa acesse o site gov.com


#brasil #desenvolvimento #brasildubai #comércio #turismo #mostbeditora #noticias #preservaçãorealdomeioambiente