• MOSTB Editora

Duas vertentes, A Escassez de mão de obra qualificada aumenta a contratação global .



Duas vertentes. No ano de 2018 a ManpowerGroup produziu uma pesquisa a qual o resultado dizia: “A Escassez de mão de obra aumenta devido à falta de qualificação dos profissionais.”. E recentemente a ManpowerGroup publicou outra pesquisa afirmando “A contratação global aumenta no primeiro trimestre de 2020.”.


Analisando o cenário apresentado através das duas pesquisas, chegamos a conclusão que as grandes empresas estão cada vez além de seus territórios e com a globalização a necessidade de encontrar colaboradores preparados tem dificultado a contratação local, a solução para a questão é buscar profissionais em todas as partes do mundo. “O que estamos vivendo é uma grande dança das cadeiras na questão da empregabilidade.” Linda Borges, CEO MOSTB.


Porém o quadro apresentado não é tão ruim quanto aparenta. O ManpowerGroup divulgou os resultados de sua mais recente pesquisa de perspectivas de emprego. A pesquisa solicitou a cerca de 58.000 empregadores em 43 países e territórios que previssem mudanças no emprego do trimestre atual para o próximo. Embora as respostas da pesquisa sejam decididamente contraditórias, o crescimento global de contratações é esperado em 42 dos 43 locais pesquisados. Em uma base trimestral, 15 países relatam perspectivas mais fortes de contratação, enquanto 23 esperam um crescimento mais lento e 5 permanecem inalterados. Os próximos resultados da pesquisa estarão disponíveis em março de 2020.

Enquanto a nova pesquisa está sendo preparada, o CEO da ManpowerGroup Jonas Prising. Fala sobre a escassez de talento no Brasil e como aponta soluções.


Com a escassez de talentos atingindo números recordes ao redor do mundo, os empregadores devem ajustar seu foco, deslocando-o das estratégias de contratações pontuais para se tornarem formadores dos talentos de hoje e de amanhã. Desenvolver a combinação correta de pessoas, habilidades, processos e tecnologia é a única maneira de executar sua estratégia de negócio, criar valor e melhorar a vida das pessoas.

Com novos assessments, big data e previsões de desempenho, temos as melhores ferramentas para identificar habilidades adjacentes, ajudar as pessoas a mudar para funções emergentes e criar trajetórias claras de carreira.


Para os indivíduos, a vontade de aprender e o aprimoramento contínuo das competências serão o caminho para manter a sua empregabilidade. Para as organizações, criar uma cultura de aprendizado, de modo que as pessoas estejam preparadas e abertas a mudanças — para se movimentarem dentro da empresa ou em outro lugar — não é apenas um imperativo operacional. Deve ser uma prioridade estratégica.


Na Revolução de Competências é assim que vamos encontrar soluções para a escassez de talentos, acelerar o crescimento e ajudar as pessoas a adquirir novas habilidades para construir carreiras sustentáveis e significativas no longo prazo.

Concordarmos com o Sr. Prising. Treinar. Treinar e tornar a treinar. Investir em conhecimentos.


Texto: Equipe MOSTB


#mostbeditora #revistasetorh #gestãodepessoas #editoradigital #preservaçãorealdomeioambiente

ANUNCIE


FORMAS DE PAGAMENTOS

SAC - PERGUNTAS MAIS FREQUENTES

 

REPRESENTANTES

​© Copyright 2010/2019 - Todos os direitos reservados www.mostb.com