• MOSTB Editora

Diversidade Cultural nas Organizações


A temática da diversidade diz respeito da pluralidade cultural e seus valores étnicos e culturais entre diferentes grupos no mesmo ambiente. Hoje temos vários exemplos dessa grande e rica pluralidade de culturas dividindo o mesmo espaço em todo mundo e principalmente no Brasil, no qual podemos citar os índios que estão deixando suas tribos e buscando moradia nas grandes cidades; Os povos refugiados das guerras saindo de seus países de origem e migrando para o Brasil; Tem as empresas que necessitam buscar profissionais com maiores capacitações fora do nosso país, entre outros.


Somos todos construtores de um mundo melhor. Independente de raça, etnia ou credo.

Não há novidade em dizer que as pessoas são diferentes, cada um tem seu aspecto de identidade e, dentro das organizações encontramos pessoas com personalidades que impõe valores já moldados desde a época de infância passando pela educação e costumes trazidos de seus pais ou de outros adultos. Logo, o mercado de trabalho está abrindo as possibilidades para diferentes profissionais, com característica que variam em: idades, gênero, raças, credos e nacionalidades. Essa ‘diversidade’ tem ficado cada vez mais acentuada no que tange o ambiente profissional, o que vem enriquecer cada um dos membros pois passam a compartilhar conhecimentos, costumes sociais e culturais.


Se pensarmos um pouquinho, toma liberdade para voltarmos no tempo... Desde a Revolução Industrial, as organizações vêm avançando suas tecnologias para atender as exigências do mercado. Em tempos de competitividade, sem dúvida, é importante se preocupar com a valorização do individuo nas empresas e fora delas, a começar pelo respeito e aceitação da diversidade. O tempo das ideias e mudanças sempre chega e sempre chegaram. Hoje podemos ver nas organizações uma grande diversidade multicultural.


A diversidade cultural tem ganhado novos dinamismos dentro das empresas e tem chamado à atenção dos gestores na busca de como administrar a diversidade de maneira eficaz. Exemplos dessa diversidade, temos a inclusão dos funcionários portadores de deficiência trabalhando com prazer de dignidade; As mulheres cada vez mais presentes no ambiente de trabalho que hoje não é vista mais como uma profissional do lar e sim uma profissional dentro das empresas ocupando cargos que sempre desejou; De fato, avanço da medicina está possibilitando o prolongamento da vida humana, percebemos que a população idosa está crescendo contribuindo o aumento dos idosos após a aposentadoria sentirem o desejo de permanecer nas empresas com sentimento de que continuam sendo útil estando

do na terceira idade. Entre outros.


O gestor poderá vivenciar situações de preconceito, discriminação e atritos no confronto de pensamentos das diferenças entre idades, cabendo a ter a postura necessária de como agir com as emoções que poderão ocorrer no âmbito psicológico de cada pessoa ao lidar com as diferenças. Ainda existem muitos problemas a serem finalizados quando o assunto é o preconceito racial, mas já conseguimos ver negros, pardos e índios conquistando cargos altos da empresa. Esses e outros exemplos nos mostram que a diversidade deve ser vista igualmente natural, todos fazemos parte dela.


Havia o tempo em que as empresas contratavam os funcionários que fossem parecidos e que compartilhassem as mesmas filosofias de vida. Hoje a situação alterou, as organizações perceberam que a diversidade cultural é fundamental e dela pode depender para lançar na frente do mercado competitivo e garantir o sucesso, exemplo das lojas que atendem diversos públicos onde encontra-se estrangeiros necessitando um atendimento que fale o mesmo idioma; clientes da terceira idade que precisam de mais paciência para com eles; clientes de crenças e culturas enraizadas que buscam um atendimento de acordo com sua personalidade. Assim possibilita a empresa a diversificar seus funcionários ou prepara-los para garantir o destaque de sua organização.


Isso nos faz entender que a diversidade é mais do que trazer cultura e conhecimentos ricos para as organizações, é compreendermos que é fundamental a compreensão necessária para que possamos ver que as diferenças são significativas para a aprendizagem das relações humanas.


Distribuir culturas, ser diferente, compartilhar ideias, trazer comportamentos e expressões característicos dos nossos locais de origem de hábitos, crenças e costumes significa que temos nossa própria identidade e podemos confrontar nossas opiniões com as dos outros. Essa essência nos transporta ao universo do multiculturalismo de choques culturais do novo, do conhecer e do explorar. Lembrando-se que habitamos um mundo repleto de diferentes pessoas e precisamos aprender a conviver com tantas diferenças, compartilhando das experiências adquiridas na vivencia de cada um agregando uma relação de afeto, admiração, respeito e reconhecimento.



Texto: Paulo H L Pereira

Administrador de Empresas, com experiência em assuntos estratégicos e comerciais, sólida convivência no seguimento da administração, na gestão de marketing, vendas, relacionamento com o cliente e dinâmicas motivacionais para grupos e equipes.

Especialista em Gestão de Pessoas; Especialista em Finanças e Controladoria; Formado em Administração de Empresas.

ANUNCIE


FORMAS DE PAGAMENTOS

SAC - PERGUNTAS MAIS FREQUENTES

 

REPRESENTANTES

​© Copyright 2010/2019 - Todos os direitos reservados www.mostb.com