mostb editora                                                                                                     Revista Digital               mostb editora                                                                                                    
 
  • MOSTB Editora

CONSULTORIA FINANCEIRA, NÃO CAIA EM GOLPES.

Com intenção de esclarecer as centenas de e-mails que recebemos pedindo informações sobre a as certificações para quem quer atuar como consultor financeiro, ou mesmo para prevenir o consumidor em não cair em golpes, nós da mostb.com fomos buscar o passo-à-passo, direto com quem entende. Conversamos com Luciana Tanoue, da ANBIMA, que esclarece quais as certificações necessárias para se tornar um consultor financeiro com credibilidade no mercado.


Desde já agradecemos a Luciana Tanoue, pela disponibilidade.



Quais certificações o agente financeiro necessita ter para usar os selos da Anbima?

A ANBIMA tem seis tipos de certificações, cada uma voltada para uma área de atuação profissional e com o seu respectivos selos:

- CPA-10: destinada aos profissionais que atuam na distribuição de produtos de investimento em agências bancárias ou plataformas de atendimento.

- CPA-20: voltada para profissionais que atuam na distribuição de produtos de investimento para clientes dos segmentos varejo alta renda, private, corporate e investidores institucionais em agências bancárias ou em plataformas de atendimento.

- CEA: direcionada aos profissionais do mercado financeiro que querem atuar como especialistas em investimentos. Com essa certificação, eles podem recomendar produtos de investimentos para clientes em diversos segmentos, além de assessorar gerentes de contas.

- CFG: para quem quer iniciar ou acelerar sua carreira na área de gestão de recursos de terceiros. O profissional certificado tem o conhecimento da base técnica do setor que é diferencial para ocupar diversos cargos em empresas de asset management.

- CGA: habilita profissionais a atuar com gestão de recursos de terceiros em fundos de investimento de renda fixa, ações, cambiais, multimercados, carteiras administradas e fundos de índice.

- CGE: voltada para profissionais que querem atuar com gestão de recursos de terceiros na indústria de produtos estruturados.


Para mais informações sobre cada certificação, acesse: https://www.anbima.com.br/pt_br/educar/educar.htm


- As certificações são obrigatórias?

Para atuar no mercado financeiro em atividades reguladas, como consultoria de investimentos e gestão de recursos, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) estabelece que esses profissionais precisam ser aprovados em exames de certificação profissional. Por isso, muitas instituições escolhem aderir voluntariamente ao Código de Certificação da ANBIMA, que estabelece que os profissionais precisam ter as certificações da Associação para trabalhar.


- Há uma ordem/hierarquia para tirar as certificações?

Não há uma ordem para tirar as certificações CPA-10 e CPA-20. Mas para prestar os exames das certificações CGA e CGE é necessário obter a CFG primeiro.


- É preciso ter nível superior para obter as certificações?

Não. Estudantes e profissionais com qualquer grau de escolaridade podem se candidatar. Para saber mais sobre as regras, acesse o edital.


- Em quais tipos de empresas os certificados pela Anbima podem trabalhar e quais postos de trabalho ele pode assumir?

Cada certificação oferece a possibilidade de o profissional trabalhar com funções específicas.

Tendo a CPA-10 e CPA-20, ele pode atuar na distribuição de produtos de investimento em agências bancárias ou plataformas de atendimento.

Já com a CEA, é possível recomendar produtos de investimentos para clientes em diversos segmentos, além de assessorar gerentes de contas.

A CFG, CGA e CGE, por sua vez, permitem que o profissional atue na área de gestão de recursos de terceiros.


Fonte: ANBIMA

Luciana Tanoue Comunicação e Marketing Fone: +55 (11) 3471-5284